O que é uma startup Unicórnio?


Startups unicórnio são as empresas privadas avaliadas em mais de um bilhão de dólares antes de abrir seu capital em bolsas de valores, ou seja, antes de realizar o IPO (Initial Public Offering).


Praticamente todo empreendedor em potencial tem o sonho de ver sua empresa virar uma startup unicórnio.

Este termo nasceu no ano 2013 quando a investidora de capital americana Aileen Lee, em seu artigo Welcome to the unicorn club: learning from billion-dollar startups (“Bem-vindo ao clube dos unicórnios: aprendendo com as startups de um bilhão de dólares”).


Nas palavras da própria, Lee, “sabemos que não é perfeito – unicórnios aparentemente não existem (…). Mas gostamos desse termo porque ele alude a algo raro e mágico.”


Quando você tem uma ideia inovadora, o que normalmente acontece com as startups, muitos dizem que são ideias absurdas e inacreditáveis, então a analogia parece fazer sentido.


Os unicórnios são as empresas que enfrentaram os desafios, sobreviveram aos obstáculos e alcançaram o tão sonhado décimo dígito.


Os unicórnios geralmente investiram em tecnologia, para viabilizar e crescer seu negócio.


Os Unicórnios não são, assim, tão raros, tem um post aqui no site, com os 11 Unicórnios Brasieliros:


Segundo a consultoria CB Insights, já são 473 no mundo, em junho de 2020.


Hoje já se fala, inclusive, em variações dependendo do tamanho da avaliação:

DECACÓRNIO para startups avaliadas em mais de U$ 10 bilhões

HECTOCÓRNIO para startups avaliadas em mais de U$ 100 bilhões


Para se determinar o valor de uma empresa que ainda não tem capital aberto, a avaliação normalmente é feita pelos fundos que investem nela.

Este fundos tipicamente “apostam” na ideia e potencial de crescimento das startups, muitas vezes antes mesmo de elas darem qualquer tipo de lucro. A ideia é dar suporte ao crescimento e esperar um retorno consideravelmente maior no futuro.